Carregando...Diagnosticado com Disfunção Erétil

Fui Diagnosticado com Disfunção Erétil. O que Fazer Agora?

Diagnosticado com Disfunção Erétil? A maioria dos homens nem sequer busca algum tipo de ajuda médica quando algo em sua saúde sexual não vai bem. No entanto, existem aqueles pacientes que tomam coragem e são finalmente diagnosticados como tendo algum grau de disfunção erétil.

Essa é com certeza uma das condições mais temidas pelo público de sexo masculino, uma vez que pode mexer não só com a vida sexual e romântica, mas também com a autoestima e saúde psicológica do paciente. Se você foi diagnosticado com Disfunção Erétil e não sabe o que fazer agora, continue a leitura deste artigo que iremos te ajudar.

O Que É A Disfunção Erétil

A disfunção erétil, também conhecida popularmente como impotência sexual pode ser caracterizada principalmente pela dificuldade frequente do homem ter ou manter uma ereção peniana rígida o suficiente para a penetração durante o ato sexual.

Apesar de ser atrelada ao avanço da idade, essa desordem de cunho sexual pode afetar homens em qualquer idade. No entanto, devemos ressaltar que a presença casual desse problema, ou seja, quando ocorre uma vez ou outra não indica que você sofra de disfunção erétil, já que o problema pode estar associado a fatores como insegurança, ansiedade e medo.

Como Diagnosticar Quadros de Disfunção Erétil

O primeiro passo para que essa condição seja diagnosticada é buscar ajuda de um médico urologista de sua confiança para que seja realizada uma avaliação clínica completa a fim de entender todos os sintomas descritos pelo paciente.

Infertilidade Ou Disfunção Erétil?
Reserve a sua Consulta Hoje com Urologista.

Também é possível que a utilização de exames laboratoriais como dosagem de colesterol, glicemia, testosterona ou outros hormônios seja pedida para confirmar a suspeita médica.

Fui Diagnosticado com Disfunção Erétil. O que Fazer Agora?

Após realizar todos os testes solicitados por seu urologista e ter o diagnóstico de disfunção erétil confirmado, você será apresentado a diversas opções de tratamento, variando de acordo com as especificidades de cada caso. É por isso que o diagnóstico é de extrema importância na vida de quem está sofrendo problemas na função sexual.

A maioria dos tratamentos são realizados em formas de etapas, sendo que no primeiro momento o principal intuito é descobrir a verdadeira causa dessa disfunção, podendo ser física ou psicológica.

Após identificar o problema, seu médico avaliará a possibilidade de tratar a DE por meio de medicamentos específicos que facilitem ou intensifiquem suas ereções. Se nessa etapa o paciente não tiver sucesso o próximo passo é tentar a administração de drogas intracavernosas, aplicadas por meio de injeções diretamente no interior dos corpos cavernosos.

Em último caso, quando nenhuma das outras tentativas obteve um resultado satisfatório, seu médico poderá indicar a colocação de uma prótese peniana, dispositivo sintético implantado no interior do órgão genital masculino com o intuito de promover ereções mecânicas quando acionado.

Se você deseja saber mais sobre a disfunção erétil, suas causas, sintomas e particularidades bem como quais tratamentos são indicados em cada caso, não deixe de conferir nossos outros artigos disponíveis no blog. Ou se preferir, marque já uma consulta com nossos médicos urologistas reconhecidos internacionalmente pelas melhores sociedades urológicas do mundo.

Mais Informações sobre este assunto na Internet:

O Artigo foi Útil?

Clique em 5 estrelas!

Classificação média: / 5. Contagem de votos:

Informações Relevantes, Compartilhe:
Agende uma Consulta