Carregando...Desmistificando o Tratamento da Disfunção Erétil

Desmistificando o Tratamento da Disfunção Erétil

Desmistificando o Tratamento da Disfunção Erétil. A disfunção erétil (DE) é a persistente incapacidade de alcançar e ou manter uma ereção suficientemente firme e duradoura para completar as relações sexuais. Estima-se que a condição afete cerca de 1 em cada 10 homens, em algum momento de sua vida. Enquanto a DE é uma condição comum, ela não deve ser entendida como sintoma obrigatório do envelhecimento.

Apesar de muitos acharem que essa condição não tem chances de ser revertida, após um diagnóstico, você e seu médico poderão discutir qual o melhor método de tratamento para o seu caso. Continue a leitura deste artigo e saiba mais.

Desmistificando o Tratamento da Disfunção Erétil

A Disfunção Erétil

A incapacidade ocasional de alcançar ou manter uma ereção devido a fatores como o consumo excessivo de álcool, fadiga extrema ou estresse severo, é comum para a maioria dos homens em algum momento de suas vidas.

A Disfunção Erétil persistente, no entanto, é muitas vezes um sinal de uma condição de saúde subjacente que deve ser abordada com seu médico durante uma avaliação completa.

Desmistificando a Disfunção Erétil: O Tratamento

A boa notícia é que quase todos os casos de DE são tratáveis, ​​e nossos especialistas adaptam as terapias a cada indivíduo. Entendemos que a disfunção erétil é uma condição privada e emocional que afeta você não só fisicamente, mas também psicologicamente.

O tratamento para essa condição não costuma variar muito entre os jovens e aquelas pessoas com mais idade. O que pode ou não mudar está relacionado com as causas dessa disfunção, que podem ser muitas. Por isso, o primeiro passo deve ser a investigação do fator desencadeante da condição com uma investigação completa. Só depois desse passo, pode-se começar um plano de tratamento junto a seu médico urologista.

Abordagens de Tratamento da Disfunção Erétil

Em alguns casos, mudanças de hábitos diários como a prática de atividades físicas, dieta balanceada, diminuição do consumo de álcool, controle do peso e pressão sanguínea, gerenciar o estresse e medidas contra o tabagismo poderão ser recomendadas . Já em outros, é necessária a intervenção de psicólogos e terapeutas para uma abordagem multidisciplinar.

Em casos mais graves, seu urologista poderá receitar um tratamento à base de medicamentos (de uso oral ou injetável) e até mesmo outros procedimentos mais invasivos como o implante de prótese peniana.

É importante lembrar que ter uma ou outra experiência onde a ereção não ocorra é completamente normal. Mas, caso isso ocorra frequentemente, não ignore os sinais. Nossos urologistas altamente treinados e nossa equipe de suporte apreciam sua necessidade de compaixão, bem como de discrição.

Quando você nos escolhe para seu cuidado, você pode esperar um tratamento com dignidade e respeito. Os médicos da Clínica Mattos reconhecem que a DE pode ser uma condição difícil de se discutir. Causando assim a perda de auto-estima, sofrimento emocional e até depressão para os homens.

Tenha certeza de que nossos urologistas experientes entendem o que você está passando. E eles podem dizer com confiança que praticamente todos os homens podem ser tratados com sucesso para a DE, e retomarem a vida sexual normal. Não deixe de cuidar da sua saúde por vergonha.

Referência: Mayo Clinic

Artigo Publicado em: 17 de fevereiro de 2019 e Atualizado em 09 de julho de 2020

O Artigo foi Útil?

Clique em 5 estrelas!

Classificação média: / 5. Contagem de votos:

Informações Relevantes, Compartilhe:
Agende uma Consulta