Carregando...exame-psa

Exame PSA – O que É? Quando Fazer?

Informações Relevantes, Compartilhe:

Muitos homens não sabem do que se trata o exame PSA até precisar fazê-lo. Esse hábito de evitar visitas importantes ao médico faz com que muitos homens negligenciem sua saúde, podendo levar a problemas mais sérios futuramente.

O PSA é um exame que tem como principal função verificar se há – ou não – a presença de câncer de próstata. Continue a leitura desse artigo e saiba mais sobre o exame e quando se deve fazê-lo.

Exame PSA – O que É?

Antígeno Prostático Específico ou PSA (em inglês, Prostate Specific Antigen) é uma substância produzida pela célula prostática e eliminada pela glândula que tem como função liquefazer o sêmen após a ejaculação. Desta forma é possível afirmar que a maior parte do PSA encontra-se no sêmen. No entanto, pequena parte do que é produzido acaba caindo na corrente sanguínea, podendo então ser dosado em exames de sangue.

As células cancerosas localizadas na próstata geralmente produzem muito mais PSA do que células benignas naturais da glândula, fazendo com que os níveis do PSA aumentem no sangue. No entanto, esses níveis também podem se elevar em homens com glândulas prostáticas aumentadas ou inflamadas, ou seja, o aumento do PSA não significa necessariamente a presença do câncer.

A quantidade do PSA em circulação no organismo em alguns casos é determinante para a descoberta de câncer de próstata, por exemplo.

Exame PSA – Para Que Serve e Quando Devo Realizar?

Esse tipo de exame, solicitado ao paciente no início das investigações médicas, é capaz de detectar precocemente doenças como prostatite, hiperplasia prostática benigna e principalmente o câncer de próstata.

O PSA é necessário para a avaliação da glândula nos seguintes casos:

  • Homens com mais de 40 anos que possuam mais de uma parente de primeiro grau que tiveram câncer de próstata antes dos 65 anos;
  • Homens com 45 anos com alto risco de desenvolver câncer de próstata, afro-americanos ou que tenham parentes de primeiro grau diagnosticados com a doença;
  • Todos os homens com mais de 50 anos de idade.

Vantagens e Riscos de se Fazer um PSA

Diagnosticar qualquer tipo de câncer precocemente é essencial para obter melhores resultados no tratamento. Os resultados do exame de PSA, quando aumentados, podem mostrar que o câncer de próstata sofreu uma metástase, ou seja, se disseminou para outras partes do corpo, ou apontar um crescimento rápido capaz de causar outros problemas de saúde.

Tratar precocemente o câncer de próstata pode evitar que ele se torne um risco à vida. Em alguns casos, significa que o paciente precise de tratamentos menos agressivos, o que reduz os riscos de efeitos indesejados como a incontinência urinária ou a disfunção erétil.

Os riscos envolvidos nesse teste são mínimos, pois requer uma pequena amostra de sangue que será avaliada em laboratório. Entretanto, existem Periodicidadealguns problemas potenciais quando os resultados do mesmo ficam prontos, sendo eles:

  • Resultado de falso-positivo, causado principalmente pelos elevados níveis de PSA de alguma alteração que não tem relação com o câncer de próstata.;
  • Ansiedade e estresse provocados pela apreensão de ter ou não câncer de próstata de crescimento lento em que não precisa de tratamento;
  • Caso seja constatado alguma alteração deve-se decidir com seu médico entre os métodos de tratamentos que envolvem a cirurgia, radioterapia ou outros tipos de abordagens.

PSA – Periodicidade

Para a detecção precoce do câncer de próstata, especificamente, a periodicidade do exame é feita de acordo com o resultado do valor do PSA. O intervalo habitual é de um ano e esta regularidade é recomendada pela sociedades europeia (EUA) e americana (AUA) de urologia.

Artigo foi Útil?

Clique em 5 estrelas!

Classificação média: / 5. Contagem de votos:


Informações Relevantes, Compartilhe:
Agende uma Consulta