Carregando...Fibrose Peniana

Qual o Tratamento para Fibrose Peniana?

Caroços, dores, curvatura acentuada, encurtamento e diminuição de diâmetro do pênis podem ser fortes indícios de uma condição denominada fibrose peniana. Apesar de ser mais comum do que muitos homens imaginam, a fibrose peniana ainda é pouco conhecida.

Existem várias condições que resultam no surgimento de uma fibrose, afetando diretamente a saúde íntima do paciente. Continue a leitura deste artigo e saiba mais sobre qual o tratamento para fibrose peniana.

O Que É Fibrose Peniana

A chamada fibrose peniana nada mais é do que a substituição “natural” de um tecido saudável por um tecido cicatricial e disfuncional. Além da região íntima, a condição também pode estar presente no coração, pulmão e outras áreas corporais.

Homens com quadros de fibrose, em sua grande maioria, não sabem a respeito da condição ou seus principais sinais. O fato é que as fibroses podem se apresentar de forma leve, moderada e grave causando danos com a calcificação das placas cicatriciais e a não dilatação do membro de forma funcional durante uma ereção.

Observar alguma alteração em seu pênis como por exemplo, encurtamento, estreitamento, curvaturas, espessamento, caroços e até mesmo dores que não existiam é fundamental para que a condição seja identificada precocemente, garantindo assim a eficácia do tratamento.

O Que Causa a Fibrose Peniana

Baixos Niveis de Testosterona?
Marque sua Consulta Agora!

Existem diversos motivos que podem levar um homem a desenvolver quadros de fibrose peniana. Entre os principais motivos estão a falta de oxigenação dos tecidos como ocorre na diabetes, priapismo e retirada da próstata por exemplo e traumas na região íntima causado durante a relação sexual, masturbação e outras ações.

A fibrose peniana geralmente atinge homens com mais de 40 anos. No entanto, nada impede que desenvolvam a condição em outras faixas etárias.

O Diagnóstico

Ao perceber alterações na sua região íntima, é recomendado procurar seu médico urologista de confiança o mais rápido possível. A fibrose pode ser detectada a partir de exames físicos como a palpação da região e também com exames de imagem como o doppler peniano, ou com fármaco ereção, para poder investigar mais a fundo.

Após receber os resultados, o médico iniciará o processo de tratamento do seu quadro dependendo do grau que a fibrose se encontra.

Tratamento Para a Fibrose Peniana

Existem diferentes tipos de tratamento para a fibrose peniana escolhidos de acordo com o estágio em que a condição se encontra. Quando diagnosticada em estágio inicial, é possível tratá-la por meio de medicamentos e mudanças no estilo de vida do paciente para que haja um aumento na oxigenação do pênis.

Entre os principais hábitos que precisam ser mudados estão a adoção de uma dieta mais balanceada, prática de exercícios físicos e evitar o consumo de cigarros. Além disso, o contato sexual deve ser evitado durante o período de tratamento para que não haja novas lesões.

Já em graus moderados de fibrose onde o paciente apresenta curvatura acentuada, afilamento ou deformidades, a fisioterapia peniana com extensores, bombas penianas, exercícios e terapias com ondas de choque pode ser indicada.

Em casos graves onde o paciente apresenta grande agressão ao tecido peniano, o tratamento deve ser por meio cirúrgico para que seja realizada a reconstrução tecidual do órgão. Para saber mais sobre a Fibrose peniana e seus tratamentos, busque ajuda de um médico urologista especializado.

Mais Informações sobre este assunto na Internet:

O Artigo foi Útil?

Clique em 5 estrelas!

Classificação média: / 5. Contagem de votos:

Informações Relevantes, Compartilhe:
Agende uma Consulta