Carregando...Baixos Níveis de Testosterona e Ginecomastia

Baixos Níveis de Testosterona e Ginecomastia

Informações Relevantes, Compartilhe:

Destaques
  1. Baixa testosterona e ginecomastia são condições comuns entre os homens, especialmente à medida que envelhecem.

  2. Baixos níveis de testosterona podem levar à redução da libido, baixa contagem de espermatozoides, disfunção erétil e tecido mamário masculino aumentado.

  3. Existe uma variedade de tratamentos, incluindo medicamentos e terapia de reposição de testosterona.

Baixos níveis de testosterona nos homens às vezes podem levar a uma condição chamada ginecomastia (desenvolvimento de peitos maiores).

A testosterona é um hormônio natural. É responsável por características físicas masculinas e também afeta o desejo sexual e o humor de um homem. Quando há um desequilíbrio dos hormônios no corpo de um homem, incluindo testosterona, a ginecomastia pode se desenvolver.

Tanto a testosterona baixa quanto a ginecomastia são muitas vezes tratáveis. É importante compreender primeiro as causas subjacentes de cada condição.

Compreendendo Baixos Níveis de Testosterona 

Os níveis de testosterona normalmente diminuem à medida que os homens envelhecem. Isso é chamado de hipogonadismo ou “baixo T.” De acordo com a Urology Care Foundation, 1 a cada 4 homens com idade superior a 45 anos têm baixo T. Os níveis baixos de testosterona podem levar a várias complicações, como:

  • Libido reduzida;

  • Baixa contagem de esperma;

  • Disfunção erétil (ED);

  • Seios masculinos alargados, condição chamada ginecomastia.

Entendendo a Ginecomastia

O corpo masculino produz testosterona e estrogênio, embora o estrogênio seja geralmente encontrado em níveis baixos. Se os níveis de testosterona de um homem forem especialmente baixos em comparação com o estrogênio, ou se houver excesso de atividade de estrogênio em relação à testosterona, podem desenvolver-se seios maiores.

Quando os meninos atingem a puberdade e há uma mudança notável na atividade hormonal no corpo, a ginecomastia pode aparecer. No entanto, pode resolver-se com tempo e sem tratamento. O excesso de tecido mamário pode ser igual em ambos os seios, ou pode haver mais em uma mama do que a outra.

À medida que os níveis de testosterona caem em homens mais velhos, a ginecomastia pode se desenvolver e persistir a menos que seja tratada. A ginecomastia afeta cerca de 1 em cada 4 homens entre 50 e 80 anos, de acordo com a Clínica Mayo. A condição normalmente não é prejudicial ou grave. Em alguns casos, pode resultar em tecido de mama dolorido.

Artigo foi Útil?

Clique em 5 estrelas!

Classificação média: / 5. Contagem de votos:


Informações Relevantes, Compartilhe:
Agende uma Consulta