Carregando...Câncer de Testículo

Câncer de Testículo: Sintomas dessa Ameaça

Informações Relevantes, Compartilhe:

Embora represente apenas 1% de todos os tumores malignos que acometem o homem, os casos de câncer de testículo têm aumentado significativamente ao longo dos anos, sendo mais comum em pacientes com idade entre 15-50 anos.

O câncer quase muitas vezes dá avisos prévios. São sinais que na maioria das vezes passam despercebidos, mas estão querendo nos alertar de que algo diferente está acontecendo em nosso corpo. O câncer nos testículos, por exemplo, apresenta vários sintomas visíveis e palpáveis, com aumento rápido do tamanho do órgão às custas de nodulações endurecidas. Para que você entenda melhor a doença, vamos falar um pouco sobre esse órgão masculino.

Câncer de Testículo

Em nosso artigo “Conheça o Sistema Reprodutor Masculino“, você aprendeu que os testículos são os órgãos responsáveis pela produção de esperma e hormônios masculinos, como a testosterona. Em adultos, os testículos podem chegar ao tamanho aproximado de um bola de golfe. Segundo a American Cancer Society, esse tipo de câncer pode atingir qualquer célula que estiver nos testículos. No entanto, em 90% dos casos, as mais afetadas são as que produzem esperma.

No início do câncer, o testículo pode ficar dolorido ou sensível. Também é comum o aparecimento de caroços, inchaço e até dor abdominal baixa. Além disso, o paciente tem a sensação de peso no escroto, que é resultado do aumento rápido do volume testicular. Há também quem sinta as mamas incharem – isso pode durar mais de duas semanas e, se for o caso, procure um médico.

Segundo a mesma organização americana, ter apenas um testículo atingido pelo câncer é o mais comum – raramente o problema ocorre nos dois testículos. Além disso, a doença é mais frequente entre os homens de 15 a 50 anos, ou seja, este câncer é, basicamente, uma doença de homens jovens e de meia-idade. Sabe-se que, quanto mais rápido for diagnosticado e tratado, maiores são as chances de cura.

Câncer de Testículo – Causas e Fatores de risco

Ainda não sabemos se existe uma causa específica para o surgimento do câncer nos testículos. Entretanto, alguns fatores são considerados de “risco” por associarem-se ao aparecimento do mesmo. Entre eles estão histórico familiar, lesões e traumas, presença de criptorquidia (caracterizada pela não descida de um ou dos dois testículos para a bolsa escrotal) e algumas síndromes genéticas raras.

CÂNCER DE TESTÍCULO

Câncer de Testículo – Sinais e Perspectiva

Alguns sinais presentes em pacientes diagnosticados com câncer de testículo podem incluir:

  • Deformação no testículo (um testículo muito pequeno ou exageradamente grande);
  • Genética / histórico familiar;
  • Idade: jovens e adolescentes são mais propensos a desenvolver o câncer;
  • Etnia: homens brancos têm mais chances de desenvolver o câncer do que homens negros.

A maioria dos pacientes que precisam passar por remoção cirúrgica de um testículo consegue preservar a capacidade reprodutiva. A produção hormonal também permanece, se o outro testículo for sadio.

Felizmente, as chances de cura são altíssimas, pois o tratamento geralmente é eficiente e seguro. O risco de morte devido a este mal é pequeno: a cada 5 mil homens, em média, apenas um morre. Em todos os casos é bom estar atento. As estatísticas demonstram um crescimento no número de casos nos últimos anos.

Portanto, se alguma anormalidade manifestar-se nos seus testículos e perdurar por muito tempo, não hesite em consultar um médico de confiança. A Clínica Mattos é especializada para atender você. Agende uma consulta!

Referência: ASCO.org

Artigo Publicado em: 17 de fevereiro de 2019 e Atualizado em: 25 de outubro de 2019

Artigo foi Útil?

Clique em 5 estrelas!

Classificação média: / 5. Contagem de votos:


Informações Relevantes, Compartilhe:
Agende uma Consulta