Carregando...Cirurgia de Prótese Peniana

Cirurgia de Prótese Peniana – Recuperação e Pós-Operatório

Cirurgia de Prótese Peniana – Recuperação e Pós-Operatório. Considerada solução definitiva para homens que enfrentam quadros de disfunção erétil, as próteses penianas têm se tornado cada vez mais populares nos consultórios urológicos. No entanto, para muitos homens ainda existem certas dúvidas a respeito da qualidade de vida pós cirurgia.

Continue a leitura deste artigo e saiba mais sobre o que esperar da recuperação e pós operatório de uma Cirurgia de Prótese Peniana.

Cirurgia de Prótese Peniana

Prótese peniana nada mais é do que um dispositivo cilíndrico colocado no interior dos corpos cavernosos, localizados dentro do pênis, que tem como função reproduzir o estado de ereção do órgão quando o homem enfrenta quadros de disfunção erétil grave.

Realizada por meio cirúrgico, a inserção da prótese dura cerca de 90 minutos, no entanto sua recuperação é relativamente demorada, uma vez que o homem pode levar até 6 semanas para poder voltar a ter relações sexuais com penetração.

Tipos de Prótese

Antes de optar por realizar a cirurgia de prótese peniana, seu médico deverá apresentar todos os tipos de prótese peniana disponíveis no mercado, para que juntos, decidam qual delas se enquadra melhor no seu caso. Podemos dizer que existem dois tipos principais de implantes, sendo eles:

  • Implante Maleável – Instalado cirurgicamente, este implante consiste em duas hastes maleáveis ​​(e flexíveis). Com isso, um homem simplesmente levanta ou ajusta o pênis na posição ereta para iniciar o sexo. Embora seja o implante mais simples e mais barato, proporciona um estado de ereção permanente, o que pode gerar situações de incômodo social.
  • Implante Inflável – Trata-se da evolução dos implantes maleáveis, exige técnica cirúrgica mais refinada e complexa. Os cilindros implantados nos corpos cavernosos são inflados pelo paciente no momento em que desejar a ereção. É uma opção muito mais discreta para rotina diária (por retornar ao estado de flacidez quando desarmada) e promove uma ereção bastante similar a ereção natural (já que o enchimento dos cilindros distende totalmente os corpos cavernosos, projetando e engrossando o corpo peniano).
Infertilidade Ou Disfunção Erétil?
Reserve a sua Consulta Hoje com Urologista.

Vale lembrar que ambas as opções podem ser recomendadas em casos onde o paciente não conseguiu obter resultados satisfatórios com o uso de medicamentos e outras terapias que visam tratar a disfunção erétil.

Pós Operatório

Após deixar o hospital, onde deve passar pelo menos um dia internado em observação, o paciente precisará ficar pelo menos 72h de repouso. Entre a quarta e a quinta semana, passará por um período de adaptação com sua prótese. Esse momento é fundamental para entender melhor sobre a manipulação correta e uso da prótese, sempre com o acompanhamento do médico responsável a fim de evitar lesões ou outros problemas.

Apesar de não ser um processo considerado doloroso, o pós-operatório exige muita paciência e disciplina por parte do paciente para que se obtenha os melhores resultados possíveis.

Recuperação

Nas primeiras semanas já é possível retornar ao trabalho, caso não exerça atividades que exijam esforço físico, uma vez que pode influenciar na cicatrização do procedimento. Um mês após o procedimento, os exercícios físicos leves serão liberados, no entanto, a vida sexual deverá esperar um pouco mais.

Assim como andar em motocicletas, bicicletas, montar a cavalo e praticar atividades físicas mais pesadas, a prática sexual deve ocorrer somente depois de 45 dias do procedimento cirúrgico e com a liberação médica.

Lembrando que essas restrições podem sofrer leves alterações de acordo com o tipo de prótese escolhida. Para saber mais sobre o assunto, busque ajuda do sem médico urologista de confiança.

Mais Informações sobre este assunto na Internet:

O Artigo foi Útil?

Clique em 5 estrelas!

Classificação média: / 5. Contagem de votos:

Informações Relevantes, Compartilhe:
Agende uma Consulta