Carregando...Ereção Persistente

Como Tratar uma Ereção Persistente?

Ereção Persistente. Manter uma ereção peniana por um longo período de tempo pode ser o sonho de alguns homens. No entanto, existe uma condição médica em que o pênis fica ereto de forma anormal, prolongada e dolorosa.

As ereções persistentes podem afetar homens de qualquer idade e requerem atenção imediata uma vez que podem causar sérios danos à saúde sexual. Continue a leitura deste artigo e saiba mais sobre como tratar uma ereção persistente.

A Ereção Persistente

Conhecida clinicamente como priapismo, a ereção persistente tem seu nome originado do Deus grego Priapus, conhecido como o Deus da produtividade e fertilidade das plantações. Essa condição pode provocar ereções que duram mais de 4 horas, independente de haver, ou não, estímulos sexuais.

Causada pela alteração no fluxo de sangue que chega até a região peniana, essa ereção costuma ser bastante dolorosa e vem acompanhada de uma falta de desejo sexual.

Condições que Causam Priapismo

Existem diferentes fatores e condições que podem originar falhas nos mecanismos de controle de uma ereção como por exemplo alterações cerebrais, na medula, de hormônios, nos vasos sanguíneos, no próprio sangue ou nos tecidos penianos que acumulam o sangue durante a ereção.

Baixos Niveis de Testosterona?
Marque sua Consulta Agora!

Além disso, existem diversas causas responsáveis por impedir o sangue de sair dos corpos cavernosos e originar as ereções persistentes, como por exemplo:

  • Talassemia;
  • Traumatismos;
  • Anemia falciforme;
  • Medicamentos antidepressivos;
  • Medicamentos anticoagulantes;
  • Uso excessivo de anéis penianos;
  • Uso excessivo de medicamentos para ereção;
  • Uso de drogas ilícitas como heroína e cocaína;

Procurando Ajuda Médica

Se você ou alguém que você conhece estiver enfrentando priapismo, é fundamental procurar atendimento médico imediatamente já que a condição se trata de uma emergência médica e o tratamento precoce é essencial para evitar complicações futuras.

É importante informar o médico sobre quanto tempo a ereção persistente está ocorrendo, uma vez que a duração e o tipo de priapismo pode influenciar diretamente na abordagem de tratamento escolhida pelo profissional responsável.

Existem basicamente dois tipos de priapismo, o isquêmico, causado pela retenção do sangue no pênis, que ocorre devido a diminuição do retorno venosos (mais comum e potencialmente mais prejudicial) e o não isquêmico, caracterizado pelo fluxo arterial elevado, no entanto como o retorno venoso normal.

Como Tratar uma Ereção Persistente

O tratamento do priapismo deve iniciar o mais rápido possível para que haja menos comprometimento dos tecidos eréteis e não haja outras complicações. Confira abaixo como deve ser realizado o tratamento de cada tipo de ereção persistente:

Priapismo Isquêmico

O tratamento primário para priapismo isquêmico pode envolver a remoção do sangue acumulado no pênis. Isso pode ser feito através de técnicas como aspiração com agulha e lavagem do corpo cavernoso ou, em casos graves, uma cirurgia chamada shunt, que desvia o fluxo sanguíneo anormal para aliviar a ereção.

Priapismo Não Isquêmico

O Priapismo não isquêmico é menos comum e geralmente envolve uma quantidade excessiva de sangue fluindo para o pênis. Seu tratamento pode variar, e muitas vezes a causa subjacente precisa ser tratada, como interromper a administração de certos medicamentos.

Identificar e tratar a causa subjacente do priapismo é essencial para evitar recorrências. Em muitos casos, o priapismo é uma complicação de condições médicas subjacentes, tornando o tratamento dessas causas essencial.

Ignorar ou atrasar o tratamento de uma ereção persistente pode levar a complicações, como danos ao tecido erétil do pênis, que podem resultar em disfunção erétil permanente. Portanto, ao primeiro sinal de uma ereção duradoura e dolorosa, não hesite em procurar ajuda do seu médico urologista de confiança.

Mais informações sobre este assunto na Internet:

O Artigo foi Útil?

Clique em 5 estrelas!

Classificação média: / 5. Contagem de votos:

Informações Relevantes, Compartilhe:
Agende uma Consulta