//
Carregando...Quem Não Pode Tomar Viagra

Quem Pode e Quem Não Pode Tomar Viagra?

Spread the love

Quem Não Pode Tomar Viagra. Viagra, ou “azulzinho”, é um medicamento muito conhecido no universo masculino. Utilizado por homens de todas as idades para evitar problemas de ereção durante o sexo, o medicamento é facilmente encontrado em drogarias e vendido sem a necessidade de receita médica.

Mas o que nem todos sabem é que esse tipo de medicamento não pode ser usado por qualquer pessoa. Continue a leitura deste artigo e saiba mais sobre quem pode e quem não pode tomar viagra.

O Viagra

Conhecido popularmente como “azulzinho”, “pílula mágica”, “remedinho” e até mesmo “levanta defunto”, o viagra é um medicamento utilizado pela população masculina que precisa de uma ajudinha na hora de melhorar seu desempenho sexual.

O comprimido de 50mg age diretamente na dilatação dos vasos responsáveis pela ereção localizados nos corpos cavernosos do pênis. O citrato de sildenafila, nome científico dessa pílula, pode ficar presente no organismo por até 8 horas após sua ingestão. Apesar disso, não significa que o pênis irá permanecer ereto por todo esse tempo.

Efeitos Colaterais

Assim como todos os medicamentos, o viagra possui alguns efeitos colaterais. Homens que utilizam a pílula de forma recreativa, ou seja, sem prescrição médica, devem estar ainda mais atentos a mudanças repentinas no organismo. Entre elas podemos citar:

  • Visão turva;
  • Dores de cabeça;
  • Dores no peito;
  • Palpitações;
  • Náuseas;
  • Sudorese;
  • Falta de ar;
  • Sensibilidade a luz;
  • Má digestão;
  • Zumbidos no ouvido;
  • Vermelhidão da pele;
  • Tontura;
  • Priapismo.

Quem Pode e Quem Não Pode Tomar Viagra

Insatisfeito com seu Desempenho Sexual?
Agende Hoje mesmo uma Consulta com Urologista.

O ideal é que a pessoa que esteja ingerindo o viagra tenha passado previamente com um médico urologista de sua confiança, uma vez que o medicamento é contraindicado em alguns casos onde o paciente esteja passando por algum tratamento ou fazendo uso de outros fármacos como anti-hipertensivos, ritonavir, inibidores potentes, como cetoconazol, saquinavir, itraconazol ou eritromicina. Homens infartados ou com histórico de AVC, principalmente com menos de seis meses, também devem evitar o viagra.

Além disso, o uso combinado com outras substâncias como bebidas alcoólicas, nitratos e sumo de toranja podem levar a quadros gravíssimos e até mesmo fatais devido a baixa pressão sanguínea que a combinação dessas substâncias causa.

Substituindo o Viagra

Se você tem percebido uma dificuldade constante em obter ou manter uma ereção rígida o suficiente para a penetração durante o ato sexual, é recomendado buscar ajuda de um médico urologista de sua confiança.

Apesar de poderem acontecer esporadicamente, quando esses episódios se tornam recorrentes você pode estar sofrendo com a disfunção erétil, condição onde, por diversos fatores, o homem tem sua potência sexual alterada negativamente.

Cerca de 50% dos homens acima dos 40 anos podem apresentar algum grau de disfunção erétil, já que quanto mais avançada for sua idade, maior a probabilidade de apresentar o problema pelo menos alguma vez.

Ao invés de recorrer ao viagra, existem outras saídas para restabelecer suas ereções, como por exemplo o tratamento de agentes desencadeantes como estresse, ansiedade, depressão, diabetes, hipertensão, tabagismo, alcoolismo e até mesmo o câncer de próstata.

Apenas um médico especialista poderá indicar o melhor meio de solucionar seu problema de ereção, devolvendo uma vida sexual mais ativa e de qualidade. Em caso de dúvidas, busque um profissional de confiança.

Mais Informações sobre este assunto na Internet:

O Artigo foi Útil?

Clique em 5 estrelas!

Classificação média: / 5. Contagem de votos:

Agende uma Consulta