Carregando...Dor ao Ejacular

Dor ao Ejacular Pode Indicar Problemas na Próstata, Vesícula Seminal ou Uretra

Dor ao Ejacular. A ejaculação é muitas vezes relacionada a sensações de prazer e satisfação. No entanto, em alguns casos, essa experiência pode se tornar dolorosa para o homem. As dores ou incômodo ao ejacular podem estar relacionadas a problemas de saúde que afetam órgãos do sistema reprodutor masculino.

Continue a leitura deste artigo e saiba mais sobre as condições que podem originar dores ao ejacular.

Dor ao Ejacular

Ejaculação

A ejaculação é caracterizada pelo descarregamento do sêmen com espermatozoides após estímulos sexuais. A ejaculação de um homem saudável ocorre durante o orgasmo expondo um volume aproximado de 2 a 5 ml. Ao todo, estima-se que haja mais de 40 milhões de espermatozoides em cada ejaculação saudável.

Quadros relacionados a disfunções da ejaculação são mais comuns do que se imagina. Existem casos onde a ejaculação ocorre precipitadamente (ejaculação precoce) ou em que o conteúdo ejaculado retorna para a bexiga (uma modalidade de ejaculação seca), já outros onde ela nem chega a acontecer; chamada anorgasmia nos casos em que não se atinge o orgasmo ou anejaculação se há orgasmo sem eliminação das secreções. Há indivíduos que ejaculam sem estímulos (ejaculação anedônica). Quando a ejaculação deixa de se tornar prazerosa e passa a desencadear incômodos e dores, dá-se o nome de odinorgasmia.

Dor ao Ejacular (odinorgasmia)

Uma ejaculação dolorosa pode variar de um leve desconforto a uma dor intensa logo após a ejaculação. Essa condição pode ter um grande impacto negativo na qualidade da vida sexual do paciente.

Normalmente, a dor que acompanha a ejaculação pode envolver o pênis, áreas perineal, perianal e o escroto. O incômodo não deve ser ignorado pelo homem, conversar sobre isso com seu médico e chegar a um diagnóstico pode resultar em alívio da dor.

Causas da Dor

A dor ao ejacular pode indicar problemas na próstata, vesículas seminais ou uretra. Algumas das causas mais comuns são:

  • Prostatite – Alteração inflamatória e ou infecciosa da próstata, a prostatite pode desencadear casos de micção frequente, dor na região inferior do abdome e perineal, dificuldade em alcançar uma ereção, dor ao ejacular e febre alta em alguns casos
  • Cistos e Pedras (cálculos) – Os cálculos ou e cistos podem bloquear os ductos ejaculatórios promovendo ejaculação dolorosa.

Além dessas causas, cirurgias, uso de medicamentos antidepressivos, câncer de próstata, tricomoníase, problemas psicológicos e tratamentos com radioterapia também podem desencadear quadros de dor ao ejacular.

Diagnóstico e Tratamento

Ao notar que há algo errado durante ou logo após a ejaculação, o paciente deve procurar ajuda imediata do seu médico de confiança, ele deverá realizar exames físicos e solicitar testes laboratoriais para chegar à causa do problema e então propor o melhor tratamento.

Os principais testes que podem ser solicitados são:

  • Testes de antígeno específico da próstata (PSA) a fim de avaliar problemas de próstata como o câncer ou alterações inflamatórias e infecciosas.
  • Testes de urina para identificar possíveis infecções.
  • Culturas de secreções, para identificar o germe causador.

De acordo com os resultados descobertos, exames adicionais poderão ser necessários. Entre eles estão os de sangue e imagem.

Os tratamentos podem variar de acordo com a causa da dor. Em casos de infecção, por exemplo, o uso prolongado de antibióticos deve ajudar a controlar o incômodo ao ejacular. Já em casos onde a dor é causada pelo entupimento dos ductos por cistos ou cálculos, o melhor tratamento pode ser por intervenção cirúrgica.

Não deixe sua vida sexual comprometida, ao menor sintoma de dor ao ejacular busque ajuda profissional de um médico urologista.

Referência: Canadian Men’s Health Foundation

O Artigo foi Útil?

Clique em 5 estrelas!

Classificação média: / 5. Contagem de votos:

Informações Relevantes, Compartilhe:
Agende uma Consulta