Carregando...Masturbação

Masturbação e Saúde Sexual – Quais os Benefícios? Quando Pode Ser Prejudicial?

A masturbação ainda é uma prática vista com maus olhos por muitas pessoas. No entanto, o estímulo faz com que o corpo libere diversos hormônios que podem afetar positivamente o seu humor e a saúde física.

Apesar dos benefícios à saúde citados acima, é possível que a prática seja prejudicial de alguma forma em determinados casos. Continue a leitura deste artigo e saiba mais sobre os pontos negativos e positivos da masturbação.

Masturbação Masculina

A masturbação é um ato de chegar ao orgasmo se auto manipulando na região genital. No caso do homem, é definida pelos estímulos realizados no pênis com as próprias mãos ou com auxílio de outros objetos.

Geralmente associada ao consumo de materiais pornográficos, pode começar ainda na pré-adolescência, quando os hormônios e a sexualidade começam a aflorar.

Masturbação e Hormônios

Durante o ato da masturbação, diversos tipos de hormônios são liberados pelo organismo, sendo eles:

  • Dopamina – Associado ao sistema de recompensa do cérebro (hormônio da felicidade);
  • Endorfina – Promove sensação de diminuição do estresse e aumento do humor;
  • Oxitocina (ou Ocitocina) – Associado aos laços sociais (hormônio do amor);
  • Prolactina – Influencia no humor e na melhora do sistema imunológico;
  • Testosterona – Melhora a resistência e excitação durante o período de estímulo.

Ao liberar esses hormônios, o homem pode se sentir mais bem humorado, focado, concentrado, sem a presença de ansiedade ou estresse. Além disso, pode notar uma melhora no sono e em sua autoestima.

Masturbação e Saúde Sexual

A masturbação vem sendo muito sugerida como método terapêutico para melhorar a saúde em geral. Além dos benefícios já citados acima, a melhora da autoestima adquirida com a prática regular da masturbação pode ser ótimo para a vida sexual.

Ela também faz parte do autoconhecimento, ou seja, pode ser uma base para que você descubra o que é mais prazeroso e excitante durante esse momento, podendo compartilhar as descobertas com sua parceira a fim de melhorar sua relação sexual. Além disso a masturbação pode ser utilizada como ferramenta para melhora do controle do tempo ejaculatório.

Quando Pode Ser Prejudicial?

Em geral, a masturbação não oferece grandes riscos à saúde. No entanto, em certos casos pode se tornar prejudicial.

A chamada masturbação compulsiva é como qualquer comportamento que perturba a sua vida e pode se tornar um vício. Se você a pratica muitas vezes ao dia ao invés de trabalhar ou fazer sexo de verdade com sua(seu) parceira(o), é indicado buscar ajuda médica.

Em outros casos, a masturbação frequente ou rude pode causar irritação da pele. Além disso, dobrar fortemente um pênis ereto pode romper as câmaras que se enchem de sangue, uma condição rara chamada fratura peniana.

Ao notar qualquer desconforto, pare imediatamente e busque auxílio de seu médico urologista de confiança. Também devemos lembrar que se você não se sente confortável em realizá-la, seja pela sensação causada, por crenças, ou simplesmente pelo desinteresse, está tudo bem. A masturbação é uma escolha individual de cada homem e não uma regra.

Mais Informações sobre este assunto na Internet:

O Artigo foi Útil?

Clique em 5 estrelas!

Classificação média: / 5. Contagem de votos:

Informações Relevantes, Compartilhe:
Agende uma Consulta