Carregando...Reabilitação Peniana

Reabilitação Peniana – Quando Pode Ser Necessário?

Reabilitação Peniana. Muitos homens que passaram por situações como um câncer de próstata ou procedimentos cirúrgicos na região íntima precisarão recorrer à reabilitação peniana para devolver ao órgão suas funções total ou parcialmente.

Continue a leitura deste artigo para saber mais sobre esta prática e quando ela pode ser necessária.

Reabilitação Peniana

O Pênis

O pênis é um dos órgãos mais importantes do sistema reprodutor masculino, além disso, também auxilia na função miccional. Esse órgão externo é dividido em três partes, cada qual com sua função, sendo elas a base (ou raiz), o corpo e a glande.

Essa estrutura é toda constituída por tecidos eréteis, músculos, ligamentos e pele que mudam de estado conforme estímulos nervosos ou químicos. Com isso, quando há alterações em alguma dessas partes, a função peniana pode ser afetada, necessitando assim de uma reabilitação.

O Que é a Reabilitação Peniana?

A reabilitação peniana nada mais é do que uma forma de fisioterapia para o órgão reprodutor masculino. Sua principal função é fortalecer e manter as boas condições para que o pênis continue exercendo suas funções sem maiores problemas.

Também chamados de PRPs, os programas de reabilitação visam prioritariamente a recuperação da função erétil. Para que isso ocorra, o médico responsável induz ereções a fim de exercitar o membro, fazendo com que o tecido erétil mantenha-se saudável enquanto outras partes do pênis, como os nervos, são gradualmente reabilitados.

Ao contrário do que se possa imaginar, esse processo pode levar um tempo até a recuperação máxima. Dependendo do caso, o período de reabilitação pode durar anos.

Quando é Necessário Recorrer a Reabilitação

Os procedimentos de reabilitação peniana são indicados para aqueles pacientes que necessitam de cirurgia para remoção de tumores na região pélvica, como é o caso do câncer de próstata, bexiga e reto. Essas três principais doenças podem exigir a reabilitação por afetar a vida sexual do homem, dificultando suas ereções.

O procedimento pode ser possível na grande maioria dos homens recém operados que possam apresentar lesões provocadas nas funções dos nervos ou vasos sanguíneos da região íntima.

A orientação quanto a possibilidade da eventual necessidade de reabilitação peniana deve ser conversada no período pré operatório, seu médico avaliará as condições anatômicas e funcionais do pênis, assim como a agressão cirúrgica necessária para cada caso, e programar as sessões de reabilitação quando necessário.

A Ereção

A ereção peniana é o principal sinal de que um homem está em estado de excitação. Ocorre principalmente quando há estímulos. A condição é perfeitamente natural e um indício importante de que está tudo bem com sua saúde íntima.

Para que ela ocorra, o organismo deve atentar se a diversos sinais, já que existem 5 etapas que ocorrem durante uma ereção, sendo elas:

Enchimento dos corpos cavernosos de sangue

Como resultado da estimulação sexual e/ou psicológica, os impulsos do cérebro e os nervos ao redor do pênis causam o relaxamento dos músculos lisos, permitindo que o sangue encha os corpos cavernosos ao longo do corpo peniano.

Ereção parcial

As artérias do pênis se dilatam com o aumento do fluxo sanguíneo, o que resulta no aumento do volume peniano.

Ereção Completa

Caracterizada quando o aumento do volume de sangue represado no pênis comprime as veias responsáveis pela drenagem do sangue do membro, diminuindo assim a saída do sangue, aumento da pressão interno dos corpos cavernosos até a ereção completa.

Ereção Rígida

A rigidez máxima é alcançada durante a excitação. A glande e os corpos cavernosos aumentam até que as veias do pênis estejam totalmente comprimidas, aumentando assim o alongamento e o ingurgitamento periférico máximo, mantendo a maior dimensão do pênis. O orgasmo e a ejaculação geralmente ocorrem nessa fase.

Flacidez

Após o orgasmo e a ejaculação, os mecanismos se invertem resultam no aumento da saída de sangue do pênis. Quando isso acontece, diminui seu comprimento e circunferência até ficar flácido.

Quando um homem não consegue alcançar ou manter uma ereção, sua vida sexual e social é diretamente afetada. Existem diversos motivos para que um homem não atinja o ápice de rigidez peniana. Consulte seu médico, obtenha um diagnóstico e comece o tratamento adequado, melhorando assim sua qualidade de vida.

Mais Informações sobre Reabilitação Peniana na Internet:

O Artigo foi Útil?

Clique em 5 estrelas!

Classificação média: / 5. Contagem de votos:

Informações Relevantes, Compartilhe:
Agende uma Consulta