Carregando...Como Ter Ereções mais Duradouras

Como Ter Ereções mais Duradouras

Ereções mais Duradouras. Muitos homens podem ter dificuldades em manter uma ereção duradoura e por isso buscam ajuda de fármacos para melhorar esse aspecto em sua vida sexual. No entanto, o uso desses medicamentos de forma recreativa ou sem a prescrição médica pode acarretar em riscos para a saúde.

Continue a leitura desse artigo e conheça as melhores alternativas para ter ereções mais duradouras sem o uso de medicamentos.

A Ereção

A ereção é um conjunto de reações que envolvem o cérebro e o pênis após algum tipo de estímulo, seja ele visual, pelo toque ou qualquer outro. A rigidez do pênis geralmente acaba após o orgasmo e a ejaculação, quando as reações vasculares resultam no aumento da saída de sangue do pênis, diminuindo seu comprimento e circunferência.

Muitos homens notam que o pênis pode desinflar antes mesmo da ejaculação. Muitos motivos podem gerar a perda da ereção antes do orgasmo. Alguns desses fatores são:

  • Ansiedade / Depressão;
  • Estresse;
  • Sedentarismo;
  • Sobrepeso / obesidade;
  • Utilização de certos medicamentos;
  • Tabagismo;
  • Alcoolismo.

É possível que homens experimentem dificuldades ocasionais em obter ereções. É importante lembrar que esses eventos isolados não necessariamente caracterizam problemas de disfunção erétil, no entanto o acompanhamento urológico é necessário para garantir sua saúde íntima.

Como Melhorar a Ereção

Há diferentes opções de medicamentos indicados para cada dificuldade específica na reação erétil, podem otimizar a rigidez ou prolongando e tempo até a ejaculação. É recomendado procurar ajuda médica para descobrir o que está prejudicando seu desempenho sexual. O especialista pode direcionar o melhor método de tratamento para solucionar o problema.

Em alguns casos, mudanças no estilo de vida podem ser indicadas. Evitar o uso de cigarros e o consumo de álcool, manter uma alimentação saudável e praticar exercícios físicos são essenciais para melhorar a saúde íntima, veja por quê:

  • Evitar o uso de Cigarro – Além de serem nocivos à saúde em vários outros sistemas, produtos derivados de tabaco podem reduzir o fluxo sanguíneo em pequenos vasos como os do pênis, dificultando a ereção.
  • Reduzir o consumo de Álcool – Além do abuso dessa substância trazer efeitos nocivos à saúde a longo prazo, sua ingestão pode tornar o momento íntimo menos apreciativo.
  • Alimentação saudável – Manter bons hábitos alimentares reduzindo a ingestão de alimentos gordurosos, com excesso de carboidrato e ultraprocessados pode evitar o acúmulo de gordura nos vasos sanguíneos. Além disso, comer frutas e vegetais traz benefícios ao fluxo sanguíneo e sua circulação no organismo.
  • Exercícios físicos – Além de ajudar a eliminar gorduras pelo corpo, manter atividades físicas também melhoram a função cardiovascular e auxiliam na ação da testosterona e outros hormônios.

Melhorar a musculatura pélvica também pode ser uma boa saída para fortalecer sua ereção. Ao realizar contrações, esses músculos podem ser melhor desenvolvidos, prevenindo assim quadros de disfunção erétil e incontinência urinária.

Inibidores da fosfodiesterase, injeções intracavernosas, cremes intrauretrais, bombas penianas e tratamentos com testosterona só devem ser uma opção caso seu médico urologista de confiança avalie e explique todos os riscos que cada um desses métodos pode causar à sua saúde.

Mais Informações sobre este assunto na Internet:

O Artigo foi Útil?

Clique em 5 estrelas!

Classificação média: / 5. Contagem de votos:

Informações Relevantes, Compartilhe:
Agende uma Consulta